ouvir emissão
TRISTÃO DA SILVA - LISBOA É SEMPRE LISBOA
Aumentar Letra Diminuir Letra
Bom Dia - 29.10.2018

Jesus,
Tu bem sabes, só consigo rezar agarrada à normalidade dos dias… 
na semana passada, morreu uma tia, idosa e doente.
Poucas horas antes de morrer, estivemos de mãos dadas, num quarto de hospital; 
à nossa volta tudo funcionava com normalidade, a televisão ligada, o barulho no corredor,
a cama do lado a ser mudada entre exclamações de cansaço e conversas banais.
Mas nós debruçados sobre o corpo quente e sofrido da nossa tia, 
rezávamos baixinho, falávamos da família, das ultimas graças dos mais pequenos. 
Incertos da sua compreensão, mas incapazes de não lhe dizer o que sentíamos, 
as palavras fluíam e assim ficamos, de pé, de mãos dadas, numa conversa tranquila, feita de amor.
Olhando para trás, percebo que naquele quarto de hospital, por minutos, tocámos a certeza do céu. 
A fragilidade do seu corpo, a expressão do seu sofrimento, eram muito reais mas a memória da sua ternura por todos, 
o testemunho da sua Fé, o abandono da sua vida, tudo nos falava de Ti.
Nesta manhã eu Te peço que nos ajudes a viver todos os dias, conscientes da Tua presença, 
certos da eternidade onde não há tempo, nem dor, nem saudade…

Nome
Email
Localidade

podcast

r/com - renascença comunicação multimédia Renascença - Todos os sucessos e a melhor informação RFM - só grandes músicas Mega Hits Intervoz Genius y Meios Página 1 Clube  Renascença